Sob o Fogo Inimigo

O Alto Comando alemão devido ao grande número de submarinos afundados por aviões, decidiu mudar de tática de combate. Ordenou a seus comandantes que, em caso de ataque aéreo, respondesse com intenso fogo antiaéreo, julgando que o avião, ao ser atacado ou atingido, teria menos chances de um ataque eficaz.

Isso porque o submarino, se atacado até 40 segundos após o mergulho, tornava-se muito vulnerável e sem chances de revidar.

No dia 30 de outubro de 1943, um CATALINA, pilotado pelo Major TAUNAY e tendo como co-piloto o Tenente SCHNOOR, em missão de escolta de comboio no trecho Rio-Caravelas, setor sob a responsabilidade da FAB em misões diurnas, localizou um submarino superfície, na altura de Cabo Frio. O avião, que estava à cerca de 3.000 pés de altitude, iniciou uma descida para 500 pés, se posicionado para o ataque. Dessa altitude iniciou a corrida para o ataque, em voo picado de cerca de 30 graus.

O submarino abriu fogo com seus canhões de 107 e 88 milímetros, atingindo o motor direito e a parte superior da empenagem vertical, e com suas metralhadoras, danificando várias partes da fuselagem, resultando em ferimentos leves nas costas dos Sargentos Halley e Mirabelli, tripulantes do avião. Mesmo assim, o piloto completou o ataque e comandou o lançamento das quatro bombas de profundidade MK 47, mas uma delas não se desprendeu, ficando pendurada no cabide atá o regresso à base.

As bombas caíram perto do alvo e foram avistados “debris” ou destroços onde as bombas explodiram. O resultado do ataque foi considerado duvidoso, pois não houve fotografias nem tripulantes sobreviventes do submarino nem testemunhas oculares de afundamento. A presença de “debris” ou destroços na área do ataque era um velho artifício usado pelos submarinos para dar a impressão de que tinham sido afundados.

O CATALINA regressou à base voando mono-motor e com uma bomba pendurada no cabide.

Segundo pesquisas posteriores, conclui-se que esse submarino atacado seria o U-172 ou o U-513, ambos de 740 toneladas.

Autor Cel. Av. José de Carvalho

Olá, deixe seu comentário para Sob o Fogo Inimigo

Enviando Comentário Fechar :/